Logo Polígrafo Portugal

Contato Directo

Tel:  (+351) 222 061 434
Tlm: (+351) 914 172 060
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

O polígrafo aplicado aos recursos humanos

Testes para seleção de pessoal ǀ Verificação de candidatos ǀ Controlo de funcionários

 

Recursos HumanosAs empresas são um agente importante na sociedade moderna. Não só são entidades que criam riqueza através de oferecendo serviços e produtos que respondem á procura do mercado mas também têm que assumir responsabilidades perante essa mesma sociedade.

Estas responsabilidades impostas legalmente ou por o mercado devem ser tomadas em sério pelas empresas. Uma fiscalização pode expor falta de cumprimento legal ou uma imagem negativa pode ter um impacto prejudicial para os benefícios da empresa.

A realidade é que estas ameaças às quais estão confrontadas as empresas demasiadas vezes não são tratadas até o problema surgir.

Ameaças externas são mais difícil de controlar mas as ameaças internas podem e devem ser prevenidas e controladas. Aqui é quando o polígrafo entra em jogo. Muitas empresas utilizam profissionais em poligrafia para detetar e controlar riscos internos, principalmente ao nível de recursos humanos.

 

Testes do polígrafo para recursos humanos

Na maioria das vezes as empresas procuram peritos em psicofisiologia forense na hora de tomar uma decisão com respeito aos seus recursos humanos principalmente no momento da contratação.

A nível de recursos humanos as empresas utilizam testes do polígrafo para:

  • Filtrar candidatos para um posto de trabalho
  • Controlar empregados no seu desempenho laboral

 

Exames psicofisiológicos de filtro ou seleção

Seleção de pessoalNa primeira instância as empresas procuram depurar os candidatos realizando um teste de polígrafo de seleção ou de pré-emprego.

Em que consiste um exame de filtro de seleção ou de pre-emprego?

Um teste de seleção é um exame exaustivo do passado laboral do candidato e trata as diferentes áreas do curriculum vitae mas também aspetos que podem ser um risco para a empresa contratista.


Os aspetos normalmente investigados num teste de seleção:

  • Informação aportada no currículo
  • Antecedentes judiciais
  • Antecedentes acadêmicos e laborais
  • Datas de início e saída de empresas
  • Razão de saída da empresa
  • Consumo de substâncias ilícitas no lugar de trabalho
  • Roubo em empresas
  • Absenteísmo abusivo
  • Vínculos com grupos a margem da lei
  • Atos criminais não detetados
  • Etc...

 

Exames psicofisiológicos de controlo ou seguimento do empregado ou funcionário

Quando empresas aplicam o teste do polígrafo de controlo de funcionários, desejam assegurar-se que estes estão cumprindo com todas as obrigações contractuais.

 

Polígrafo de seguimientoAspetos analisados em testes de seguimento de empregados:

  • Roubo na empresa
  • Consumo de substâncias ilícitas no lugar de trabalho
  • Absenteísmo abusivo
  • Vínculos com grupos a margem da lei
  • Atos criminais não detetados
  • Transmissão de informação confidencial
  • Comportamentos contra a política, normas e código de ética da empresa
  • Etc.

 

Exames para casos específicos

Fora de estes testes rotineiros também podem surgir situações nas quais empresas têm que recorrer ao polígrafo para resolver casos negativos. No jargão da profissão de poligrafista estes testes são designados como testes específicos.

 

Exemplo de testes específicos podem ser para investigar:

  • Roubo ou furto
  • Fuga de informação confidencial
  • Ato de sabotagem
  • Ato de vandalismo
  • Qualquer situação de desconfiança

 

Polígrafo Portugal tem amplia experiencia na aplicação de testes a nível de recursos humanos testando o grau de integridade do candidato. Estes testes de integridade são de suma importância para empresas que dependem de funcionários íntegros como podem ser as indústrias da segurança, financeira, seguradoras, etc.

 

Contatar Polígrafo PortugalNão duvide em contatar Polígrafo Portugal para saber como podemos ajudar a sua empresa a prevenir, controlar, minimizar ou até eliminar perdas e gastos causados por os próprios recursos humanos.

 

Compartilhar