Logo Polígrafo Portugal

Contato Directo

Tel:  (+351) 222 061 434
Tlm: (+351) 914 172 060
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Como funciona o polígrafo

Funcionamento do instrumento do polígrafo ǀ Como funciona um teste, exame pericial

 

PoligrafiaO instrumento do polígrafo é um aparelho médico que registra reações fisiológicas emitidas pelo organismo humano. Estas reações são consequência de estímulos apresentados a um examinado. O estímulo mais comum utilizado num teste do polígrafo são perguntas. As reações fisiológicas de um examinado são registradas pelo polígrafo e mais tarde analisadas pelo técnico do polígrafo.


Por quê o ser humano tem reações fisiológicas que dependem da atividade cerebral ou psicológica?

Esta pergunta é importante para poder explicar a base de funcionamento do polígrafo.

Sistema nervoso autonomoO ser humano tem um sistema de defesa natural que se dispara cada vez que se sente em perigo ou existe uma perceção de perigo. O sistema nervoso autônomo no momento que percebe esse perigo prepara o nosso organismo para se defender e libera adrenalina no organismo que prepara o nosso organismo para se defender. Esta defesa se traduz normalmente na fuga, na luta ou congelamos (ficamos imóveis).

Este estado de fuga, luta ou imobilização faz que o nosso organismo experimente alterações. Estas mudanças são entre outras, subida de pressão sanguínea, alteração na respiração e no suor. Estas alterações ou modificações no momento de responder às perguntas apresentadas pelo examinador do polígrafo são medidas e registradas pelo polígrafo e é a base de um teste do polígrafo.

 

Os diferentes acessórios do detetor de mentiras

O instrumento do polígrafo digital tem como base um sistema de aquisição de dados (SAD) e diferentes acessórios que vão permitir ler/registrar as alterações fisiológicas no organismo do sujeito examinado.

Um polígrafo registra pelo menos os 3 canais principais para poder ser considerado um polígrafo. Estes canais são:

  • Respiração
  • Pressão sanguínea
  • Suor


O polígrafo utiliza diferentes acessórios para medir estes canais que são:

  • Pneumógrafo para medir e registrar o canal da respiração
  • Esfigmomanómetro para medir e registrar o canal da pressão sanguínea que se compõe de uma braçadeira e um manômetro
  • Galvanômetro, também conhecido como GSR para medir e registrar o canal da condutância galvânica da pele (suor)

O polígrafo digital também vem acompanhado de um computador que recebe e processa toda a informação transmitida pelo sistema de aquisição de dados.

Os polígrafos também podem incluir acessórios adicionais como medidores de movimentos (Almofada de movimento), pletismógrafo etc.

 

Como funciona um teste do polígrafo?

O polígrafo em ação

Um teste do polígrafo tem um procedimento estândar e segue quase sempre uns passos predefinidos.
Passos do teste do polígrafo:

  1. Definição do objetivo do teste e explicação do funcionamento do polígrafo
  2. Entrevista sobre o tema a investigar/aclarar
  3. Recolha dos dados fisiológicos com polígrafo
  4. Relatório do resultado e opinião do técnico do polígrafo


Os passos 1 até 3 são normalmente realizados numa só sessão. Esta sessão que é a de recolha de informação para posterior analise tem uma duração de aproximadamente 60 a 120 minutos, dependendo do caso a tratar.


Durante o teste do polígrafo o sujeito examinado estará sozinho com o técnico do polígrafo, isto é a partir da fase 2. Em ocasiões onde a situação o requere na fase 1 pode estar presente o patrocinador do teste ou outra pessoa interessada a fim de aclarar e definir o objetivo do teste.
O relatório do teste do polígrafo é entregue depois análise dos gráficos do teste e de provável revisão num processo de controlo de qualidade dependendo da empresa, técnico ou entidade.


Os resultados de um teste do polígrafo (em casos específicos) são os seguintes:

 

ENGANO NÃO DETECTADO: O examinado era verdadeiro nas suas respostas às perguntas apresentadas sobre o assunto investigado e por isso passou o teste do polígrafo

ENGANO DETECTADO: O examinado não era verdadeiro nas suas respostas às perguntas apresentadas sobre o assunto investigado e por isso não passou o teste do polígrafo

INCONCLUSIVO: Os dados recolhidos foram escassos para poder dar uma opinião profissional sobre o assunto investigado.

 

Contatar Polígrafo PortugalPara mais informação não duvide em contatar Polígrafo Portugal.

 

Compartilhar