fbpx

O teste do polígrafo em Portugal

Uso e aplicação do detector de mentiras em Portugal | Quem e como utiliza o exame?

Existem muitas legendas urbanas com respeito ao polígrafo e à aplicação do teste do polígrafo. Pretendemos explicar de forma simples o que é o Polígrafo e para quê é utilizado em Portugal e também fora de Portugal.

Antes de mais nada, o que é um polígrafo?

Instrumento polígrafo

O termo polígrafo significa literalmente muitas escrituras (poli=muitas, grafo=escritura). O polígrafo é um instrumento médico-cientifico capaz de registar de forma continua alterações fisiológicas do organismo humano.

Estas alterações são consequência de uma actividade cerebral que tem como fonte detonadora o sistema nervoso autónomo.

Gráfico Polígrafo

O polígrafo pode ter diferentes canais de medição dependendo do objectivo da sua aplicação. Polígrafos utilizados em tratamentos clínicos podem ter até 17 canais de medição em quanto um polígrafo utilizado para a detecção de engano normalmente tem uns 4 canais de medição.

Os canais de medição do polígrafo para detecção de engano são:

  • Pressão arterial (1 canal)
  • Condutância galvânica da pele (1 canal)
  • Respiração que normalmente é realizada no abdômen e tórax, por isso se consideram 2 canais.

Os resultados são arrojados em forma de um diagrama ou gráfico que representam as alterações sucedidas durante o período de medição. Este período de medição depende normalmente do numero de perguntas realizadas ou estímulos apresentados durante uma avaliação do polígrafo.

Como funciona um exame do polígrafo?

Teste do polígrafo

O funcionamento do polígrafo. Neste articulo exploramos o polígrafo como instrumento de detecção de engano e não entremos em outras aplicações clínicas que têm como objectivo medir outras consequências do sistema nervoso autónomo. A seguinte explicação trata sobre o teste do polígrafo para detecção de engano.

Antes de explicar as diferentes etapas de um teste do polígrafo é importante explicar que cada teste do polígrafo sempre é voluntário. O sujeito examinado deve de assinar um documento no qual consente de forma voluntária submeter-se ao teste do polígrafo.

Um exame do polígrafo também se realiza num lugar sigiloso, confidencial e privado no qual não há distracções que possam influir ou distorcer as reacções fisiológicas recolhidas pelo polígrafo.

As fases do teste:

  • Recolha da informação básica do sujeito como nome, endereço, etc.
  • Entrevista prévia à recolha de informação fisiológica
  • Recolha da informação poligráfica do sujeito
  • Analise da informação obtida
  • Relatório escrito com a informação e opinião do psicofisiologo forense
    O tempo normal de um teste do polígrafo é de aproximadamente 2 horas da fase 1 a 4. O passo 5, o relatório escrito é normalmente entregado após análise final e redacção do parecer e pode demorar entre 24 a 48 horas dependendo do teste e do profissional.

Veja o seguinte vídeo que explica de forma simples o funcionamento do teste do polígrafo:

Quem em Portugal utiliza testes, exames do polígrafo?

Em Portugal são diferentes os clientes que requerem o Polígrafo. Estes clientes têm também distintas necessidades, mas um denominador comum que é “Confiança”.

O polígrafo na indústria do entretenimento

Polígrafo para entretenimento

A aplicação do exame em Portugal tem sido impulsada pela sua utilização em programas da televisão nacional portuguesa. Em Portugal o polígrafo era conhecido por filmes de Hollywood e series americanas mas nos últimos anos o polígrafo tem tido um lugar recorrente nos vários programas de televisão.

O programa que mais tempo vem aplicando o teste do polígrafo é sem nenhuma dúvida o programa da Fátima Lopes “A tarde é sua”, no qual portugueses se submetem ao teste do polígrafo para provar as suas declarações e verdades.

Particulares procuram o teste do polígrafo

Particulares

Particulares e privados procuram o teste do polígrafo na maior parte para tratar assuntos que sucederam no seno familiar. Estes casos são dispares e podem ir desde uma traição sentimental até uma agressão sexual.

Um aspecto importante é o sigilo do teste do polígrafo visto que os temas tratados são de total confidencialidade e os particulares que expõem a sua intimidade precisam de garantias de confidencialidade, privacidade e sigilo.

Os casos mais procurados por particulares para testes do Polígrafo em Portugal são:

  • Teste de infidelidade para investigar provável infidelidade
  • Provar fidelidade numa relação
  • Provar inocência
  • Teste do polígrafo para resolver roubo ou furto
  • Polígrafo para abuso ou agressão sexual

Para mais informação com respeito a estes testes recomendemos que visite a seguinte pagina sobre a utilização do teste do polígrafo por particulares em Portugal.

Cada vez mais empresas aplicam o teste do polígrafo

Empresas em Portugal utilizam o teste do polígrafo como instrumento para prevenir riscos ou para controlar perdas a nível de recursos humanos.

Quando empresas utilizam o teste do polígrafo em recursos humanos normalmente é para:

  • Selecção de pessoal, teste do polígrafo de pré-emprego
  • Controle dos funcionários, teste do polígrafo de seguimento

No entanto muitas empresas procuram o teste do polígrafo quando algo negativo sucedeu dentro da empresa como, por exemplo:

  • Roubo interno
  • Fuga de informação confidencial
  • Abuso de poder por parte de um executivo
  • Vandalismo e Sabotagem
  • Etc.

O polígrafo e a justiça portuguesa

Justiça

A justiça em Portugal parece ainda não ter descoberto o polígrafo. Mesmo se em algumas ocasiões em julgamentos mediáticos se fala sobre a possibilidade de submeter-se ao teste do polígrafo, finalmente não termina por se concretizar.

No entanto, a justiça portuguesa e sobre todo os advogados da defesa na justiça penal deveriam de olhar com um pouco mais de carinho para o teste do polígrafo visto que tem sido aplicado em muitos países e quando aplicado dentro de certas normas até foi aceitado pela justiça.

Principalmente em julgamentos nos quais é a palavra de uma pessoa contra outra é um instrumento a tomar em consideração para defender o seu cliente.

Muitos casos de denuncias de violência ou agressões sexuais, nas quais não existem provas físicas o polígrafo pode ser uma ferramenta que ajuda a fazer justiça.

Para mais informação visite a seguintes paginas sobre a aplicação do exame do polígrafo para advogados da defesa e na justiça em geral.

Onde encontrar especialistas peritos em testes do polígrafo em Portugal

Logo Polígrafo Portugal

POLIGRAFO PORTUGAL aplica exames do polígrafo em todo o território português. No entanto realiza os testes do polígrafo normalmente no Porto e em Lisboa. Quando necessário também em Faro para cobrir o sul do país.

O teste do polígrafo em Portugal é um serviço que está disponível tanto para particulares como para empresas.

Clientes com necessidades de soluções para temas legais também podem solicitar um exame do polígrafo para por exemplo provar a sua inocência.

Os testes são realizados unicamente com marcação prévia. Por favor entrar em contacto com antecedência.

Polígrafo Portugal Lisboa

POLÍGRAFO PORTUGAL LISBOA
WorkOffice Portugal
Avenida Fontes Pereira de Melo, 19 – 6º Piso
1050-116 Lisboa
Tlm: (+351) 914 172 060
Email: info@poligrafoportugal.com

Polígrafo Portugal Porto

POLÍGRAFO PORTUGAL PORTO
CENTRO SOLUTIONS OUT
Rua da Boavista, 355
4050-107 Porto
Tel: (+351) 222 061 434
Tlm: (+351) 914 172 060
Email: info@poligrafoportugal.com

Informação de contacto de POLÍGRAFO PORTUGAL:
Tlm: (+351) 914 172 060 (Whatsapp)
Email: info@poligrafoportugal.com