fbpx

Forças de segurança

Aplicações do polígrafo para entidades de segurança ǀ O polígrafo contribui a segurança da cidadania

Polígrafo para forças de segurança

Polígrafo para forças da segurança. As forças de segurança não têm uma tarefa fácil de exercer. As diferentes entidades estão muitas vezes submetidas a opiniões externas que intentam condicionar ou condicionam o seu trabalho. Exercem pressão porque desejam uma solução rápida, para influir numa investigação ou porque existem grupos que não querem perder certos privilégios.

No entanto as diferentes agências da força da segurança ou força da ordem também estão limitadas aos recursos disponíveis para a realização do seu labor. Mesmo sabendo que existem meios técnicos e tecnológicos que poderiam ajudar nas suas tarefas, não têm sempre acesso a estes meios.

Polígrafo Portugal pode em certos casos ajudar com a sua experiência a colmatar esta realidade aportando os seus conhecimentos em psicofisiologia forense.

O polígrafo ao serviço da investigação criminal

O polígrafo é utilizado por diferentes agências da segurança em todo o mundo tanto a nível de recursos humanos como também para ajudar nos seus labores de investigação. Diferentes departamentos da polícia um pouco por todo o mundo exigem testes do polígrafo de integridade na hora de entrar a trabalhar em entidades da segurança pública. Em Portugal, contudo, parece ainda não ser o caso.

No entanto existe uma área na qual a ajuda de um psicofisiólogo forense pode ser um aporte valioso para, por exemplo, a polícia, que é na fase da investigação.

Em muitas situações, na fase de investigação preliminar, as autoridades são confrontadas a diferentes suspeitos e declarações contraditórias destinadas a confundir a investigação.

Nestes casos um teste do polígrafo pode ser de grande ajuda para guiar a investigação e de esta forma economizar muitos recursos mal empregados por informação falsa ou enganosa.

Os profissionais de Polígrafo Portugal são especialistas na avaliação de declarações e podem ajudar a empregar melhor os recursos disponíveis. Podemos contribuir de forma sigilosa, o importante é contribuir à verdade.